O que fazer quando um cadeirante está engasgado/sufocado?

O que fazer quando um cadeirante estIVER engasgado/sufocado?

Abordaremos neste artigo sobre os procedimentos que devem ser realizados quando um cadeirante estiver engasgado. 

Antes de mais nada, quais os motivos que levam ao sufocamento? O sufocamento (ou engasgo) ocorre quando a via aérea de uma pessoa é bloqueada por um alimento, líquidos ou objetos. Caso a pessoa engasgada não seja atendida de forma rápida e eficaz, pode então ocorrer danos a longo prazo ou até mesmo ser uma ameaça à vida.

Se você vir alguém (cadeirante ou não) mostrando sinais de asfixia, deve portanto agir rapidamente para desobstruir as vias aéreas.

Se a pessoa engasgada estiver em uma cadeira de rodas, isso não irá impedi-lo de auxiliá-lo na desobstrução das vias aéreas. Entretanto, neste caso, precisará somente se agachar por trás da vítima, adaptando a manobra heimlich.

Dicas para prevenir engasgos:

 Procedimento Básico de Primeiros Socorros:

Se você presenciar um cadeirante engasgado, o atendimento deve ser imediato.

É importante ressaltar que existem 2 tipos de engasgo/obstrução:
  • Se for uma obstrução leve ou parcial – a pessoa está consciente e ainda consegue respirar – a vítima então deve ser acalmada e incentivada a tossir vigorosamente (se ela já for capaz de entender). O estímulo da tosse é o meio mais eficaz para que a pessoa desengasgue. Se a obstrução se mantiver e a pessoa ainda conseguir respirar, então ela deve ser encaminhada ao pronto-socorro.
  • Se for uma obstrução grave ou total – quando a pessoa não consegue mais tossir, nem falar, tampouco respirar, você deve então fazer a manobra de desobstrução de vias aéreas (Manobra de Heimlich).
Siga os passos a seguir:
  1. Peça ajuda: se houver mais de uma pessoa no local, peça para que acione o socorro especializado 192 ou 193.  Se você estiver sozinho, peça ajuda pelo seu celular utilizando o recurso viva a voz.
  2. Não deixe a vítima sozinha!
  3. Trave os freios da cadeira de rodas, se possível, ao passo de evitar que a cadeira escorregue durante o procedimento.
  4. Mantenha-se agachado atrás da vítima e envolva seus braços ao redor das costelas, cerre então o punho com uma das mãos e com a outra mão abrace o punho. Posicione as mãos logo abaixo do osso esterno, na altura do estômago (ver figura). Em seguida, puxe o corpo da vítima para junto do seu corpo e comprima vigorosamente fazendo o movimento para dentro e para cima sem parar, até que então cesse o engasgo.

Cadeirante engasgado: Procedimento Básico de Primeiros Socorros

Se você presenciar um cadeirante engasgado, o atendimento deve ser imediato.

É importante ressaltar que existem 2 tipos de engasgo/obstrução:
  • Se for uma obstrução leve ou parcial – a pessoa está consciente e ainda consegue respirar – a vítima então deve ser acalmada e incentivada a tossir vigorosamente (se ela já for capaz de entender). O estímulo da tosse é o meio mais eficaz para que a pessoa desengasgue. Se a obstrução se mantiver e a pessoa ainda conseguir respirar, então ela deve ser encaminhada ao pronto-socorro.
  • Se for uma obstrução grave ou total – quando a pessoa não consegue mais tossir, nem falar, tampouco respirar, você deve então fazer a manobra de desobstrução de vias aéreas (Manobra de Heimlich).
Siga os passos a seguir para desengasgo do cadeirante:
  1. Peça ajuda: se houver mais de uma pessoa no local, peça então para que acione o socorro especializado 192 ou 193.  Se você estiver sozinho, peça ajuda pelo seu celular utilizando o recurso viva a voz.
  2. Não deixe a vítima sozinha!
  3. Trave os freios da cadeira de rodas, se possível, ao passo de evitar que a cadeira escorregue durante o procedimento.
  4. Fique agachado atrás do cadeirante e envolva seus braços ao redor das costelas; cerre então o seu punho com uma das mãos e com a outra mão abrace o punho. Posicione as mãos logo abaixo do osso esterno, na altura do estômago (ver figura). Em seguida, puxe o corpo da vítima para junto do seu corpo e comprima vigorosamente fazendo o movimento para dentro e para cima sem parar, até que então cesse o engasgo.
  • 5.Se o cadeirante engasgado perder a consciência enquanto você presta o atendimento, deite-a no chão e inicie as manobras de reanimação cardiopulmonar.

    Importante! Durante as manobras de desengasgo, o alimento ou objeto que causou o engasgo pode aparecer na boca da vítima. Portanto, fique de olho para retirá-lo se for possível.

    Assista a seguir um episódio da Novela Malhação mostrando como uma pessoa treinada em desengasgo pode salvar uma vida:https://globoplay.globo.com/v/7223329/

    Atenção: A manobra pode ser realizada como mostrada no vídeo ou com o encosto da cadeira entre os dois corpos.

Baixe nossos cartazes de desengasgo

A sufocação representa a 3ª causa de mortalidade dentre as mortes por causas externas na faixa etária de 0 a 14 anos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *